Bem Vindos, ao Central Cúmplices de um Resgate sua melhor fonte de notícias sobre a novela Cúmplices de um Resgate do SBT, Obrigado pela sua visita e volte sempre!

11.2.16

Íris Abravanel conta o que está achando de Cúmplices de um Resgate em entrevista exclusiva

Íris Abravanel, à frente de Cúmplices De Um Resgate, falou sobre a arte de escrever novelas

A responsabilidade de escrever os episódios de uma novela que vai ao ar diariamente é puxada. “A minha rotina de trabalho é igual a de qualquer mulher que se desdobra em executar todas as funções da melhor maneira“, comenta Iris Abravanel, que conta com os mesmos colaboradores desde Revelação, sua primeira novela: “eles me dão o suporte necessário para que minha rotina seja produtiva”, explica. Antes do bate-papo, Iris fez questão de passar uma dica às mulheres que, como ela, se desdobram: “aprendi a focar. Quando estou com meu marido, a atenção é 100% para ele. Assim também quando estou com minhas filhas, genros, netos ou envolvida em qualquer outra atividade da minha rotina”.
Foto: Divulgação/SBT 

Agora que Cúmplices De Um Resgate já está no ar, dá um tipo diferente de satisfação ao escrever?
Temos um trabalho bem próximo aos diretores e outros profissionais que fazem parte do nosso time na teledramaturgia. Durante o processo de desenvolvimento do roteiro, assim que os atores são escolhidos, recebemos algumas cenas gravadas, podemos dar alguma orientação para a composição de suas personagens. Comemoramos com alegria quando mais um projeto vai ao ar. É como a mãe que vê seu filho andando pela primeira vez!

E a relação com os atores, como está sendo? 
Nosso elenco está entrosadíssimo. Aproveito para agradecer cada um deles por estar nesse barco conosco e ter apresentado resultados tão bons desde o primeiro dia. São profissionais incríveis. Meu carinho e respeito a todo elenco adulto, elenco infantil, e até nossos atores do reino animal (risos). Todos irão se apaixonar pelo Manteiguinha, pelo Bartolomeu, pelo Tum Tum, pela Beijoca e outros bichinhos.

Você gosta de observar as pessoas para trazer novas características aos personagens? 
Todo mundo está cheio de histórias pra contar, mesmo aquelas pessoas que acham que não tem nada de interessante para oferecer. As pessoas nos inspiram de diversas maneiras. O jeito de andar, o perfume que estão usando, a roupa que vestem, como se comportam; enfim, muitas histórias e personagens já se encontram dentro de nós.
Foto: Divulgação/SBT 

Como tem sido o retorno do público em relação a Cúmplices? 
A novela foi muito bem aceita e, pelo que temos visto com relação ao IBOPE, podemos ficar muito felizes com o resultado que obtivemos até aqui. Mas ainda tem chão pela frente e queremos que o público continue assistindo e se divertindo. Por isso, continuamos dando o nosso melhor.

Ao escrever, antes da estreia dos episódios da novela, imagino que não dá pra ter a noção exata de como cada ator vai desenvolver a história... Dessa forma, você teve alguma surpresa? 
Os atores e atrizes trazem novidades interessantíssimas que somam e valorizam bastante o projeto. Algumas vezes, temos algum personagem tão marcante em nossa mente que tentamos direcionar a atuação para o caminho que idealizamos.

Fica mais fácil escrever pra um personagem já tendo em mente o ator que irá interpretá-lo? 
Depois do ator, do diretor e da história em si se alinharem, sim, fica mais fácil. O personagem toma as características do ator e alguns trejeitos também. É uma simbiose que vemos desde o nascimento do teatro. Muitas vezes, os atores dominam os personagens de maneira tão magistral que ele toma vida própria – e sentimos isso ao escrever os capítulos.

Tem algum tema sobre o qual adoraria escrever uma novela que ainda não foi abordado por você? 
Os tempos estão sempre mudando e com esse monte de informações que recebemos do mundo inteiro pela internet, fica difícil escolher um tema específico. O que amo fazer é passar para as pessoas valores que considero importantes e indispensáveis para a vida. Quando você quer falar de amor, superação, entre outras coisas. Na vida, são as pequenas coisas que fazem a diferença. As nuances de acertos e erros nos relacionamentos e as paixões em diversas fases da vida são os temperos essenciais para contar uma boa história.

Com Cúmplices De Um Resgate, você pretende continuar unindo a família brasileira? 
Essa é uma trama focada em algum público específico? Com certeza nosso alvo é continuar unindo a família brasileira. Nosso público é a família, não tem jeito. A novela Cúmplices De Um Resgate tem história e conflitos para todas as idades. Estamos focados nas crianças menores, e até em seus avós e bisavós. Queremos transmitir ao público os bons momentos que vivenciamos em nossas casas quando estamos reunidos em uma atividade comum a todos no dia a dia.
Foto: Divulgação/SBT 

Quais foram os recursos utilizados para adaptar a novela para os dias atuais? Os recursos tecnológicos serão mais presentes? 
Dramaturgicamente demos mais agilidade ao ritmo da novela, criamos mais conflitos, além dos que já existem na original e, sim, adaptamos boa parte das situações usando recursos tecnológicos atuais. Não dá para ignorar que a tecnologia faz parte da vida dos jovens hoje. Celulares, tablets e computadores serão utilizados no decorrer da novela. Sem nos esquecermos de nossa marca, que é provocar situações para que as crianças criem brincadeiras próprias e divertidas.

TEXTO: Mariana Scherma
EDIÇÃO: Melissa Ladeia Marques
FOTO: Divulgação / SBT

Creditos: Cúmplices Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário



DESIGN E PROGRAMAÇÃO POR JOÃO VITOR M.A. • ALL RIGHTS RESERVED TO DESIGN MANIA • TECNOLOGIA BLOGGER